Employer branding + LinkedIn = Uma estratégia de marca empregadora

Segundo o LinkedIn, a cada 1 minuto, 3 pessoas são contratadas no mundo. E para dar conta de tantos processos seletivos assim, criou-se a necessidade das empresas construírem uma estratégia sólida de Employer Branding. Não sabe o que é isso? Então vamos por partes.

Employer Branding, em tradução livre significa Marca Empregadora. É o processo de gerenciar a imagem da sua empresa como empregadora entre os colaboradores, talentos e demais parceiros. Em outras palavras, o que os candidatos às vagas e a sua equipe pensam sobre a sua empresa.

“Employer Branding é menos sobre realizar e muito mais sobre empoderar.”

– Angélica Madalosso
1ª vice-presidente da Associação Brasileira de Employer Branding

Agora que você já está inteirado sobre o assunto, lá vai uma grande verdade. Preparado?

Hoje em dia, há mais pessoas escolhendo empresas para trabalhar, do que empresas escolhendo pessoas. 

Uma das ferramentas mais indicadas para trabalhar a imagem da sua empresa como marca empregadora é o LinkedIn. Acessível, gratuito e altamente eficaz, essa rede social oferece uma plataforma robusta para conectar-se com profissionais talentosos e divulgar oportunidades de emprego de forma estratégica. Além disso, sua interface intuitiva e recursos de análise de dados facilitam a gestão da sua estratégia de recrutamento e tornam a construção da reputação da sua empresa como empregadora ainda mais simplificada.

Anote essas dicas para começar a trabalhar o LinkedIn:

Humanização do conteúdo

Fazer uso de uma narrativa mais humanizada é essencial, afinal pessoas se conectam com pessoas.

Storytelling baseado em identidade

A rede é uma vitrine onde sua empresa é vista por quem trabalha e por quem ainda não trabalha nela, então: divulgue o que é verdadeiro e não invente promessas de valor que não aconteçam.

Influência dos colaboradores

É fundamental que os colaboradores postem e se envolvam com o conteúdo da empresa no LinkedIn. Eles comprovam a veracidade do que a empresa posta e trazem uma influência real para novos candidatos.

Mais conteúdo, menos vagas

Se, depois de ler todo o e-mail você ainda está pensando que Employer Branding é divulgar vagas, então se liga nessa dica!

Focar exclusivamente na publicação de vagas tende a derrubar o engajamento. É preciso aproveitar a rede para mostrar os diferenciais da empresa e sua cultura organizacional.

Conte com a Hiato Nosso time de especialistas em Endomarketing pode ajudar a elevar o potencial da sua marca no mercado de trabalho. Entre em contato, vamos conversar!